Segunda, 22 de Julho de 2024
24°

Parcialmente nublado

Teresina, PI

Educação Bolsas de Pesquisa

Rafael Fonteles lança edital de bolsas de pesquisa contemplando todos os Territórios de Desenvolvimento do Piauí

O edital da Fapepi compreende 200 vagas, sendo 100 para homens e 100 para mulheres.

21/06/2024 às 08h38 Atualizada em 21/06/2024 às 08h40
Por: Amanda Bonfim Fonte: Governo do Estado do Piauí
Compartilhe:
Foto/Reprodução: Governo do Estado do Piauí
Foto/Reprodução: Governo do Estado do Piauí

O governador Rafael Fonteles lançou, nessa quarta-feira (19), por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí "Professor Afonso Sena Gonçalves" (Fapepi), edital com 200 vagas de bolsas de iniciação científica para fomento à pesquisa em instituições de ensino superior do estado. O edital nº 5 de 2024 respeita a paridade de gêneros e oferece 200 vagas, sendo 100 para pesquisadores homens e 100 para mulheres.

O período de submissão dos projetos começa nesta sexta-feira (21) e segue até o dia 15 de julho, conforme edital disponibilizado na página da Fapepi na internet.  As bolsas serão de R$ 700, por um período de 12 meses, a partir de um orçamento do Programa de Bolsas de Iniciação Científica da Fapepi – PBIC, no valor de R$ 1.680.000.

O público-alvo do edital são estudantes de instituições de ensino superior públicas do estado do Piauí. E 60% dos projetos devem ser na linha das áreas prioritárias de desenvolvimento do estado. "O foco é a área da agricultura, energias renováveis, economia verde, meio ambiente e tecnologia da informação, mas também temática livre", explicou Fonteles.

Pedro Soares Júnior, diretor-científico da fundação, explica que existe uma política de descentralização das bolsas, que serão distribuídas em todos os territórios de desenvolvimento do estado. “Vamos ter a descentralização das bolsas dos grandes centros, com a distribuição de uma quantidade mínima de 10 bolsas para cada um dos 12 territórios do estado do Piauí. As demais bolsas serão distribuídas conforme o ranking das propostas, mas o fato é que cada território terá pelo menos uma dezena de projetos”, pontua o gestor.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias