Sábado, 25 de Maio de 2024
26°

Tempo limpo

Teresina, PI

Meio Ambiente Piauí

Operação Água Legal: Semarh fiscaliza perfurações irregulares de poços nos municípios de Picos e Oeiras

A operação percorrerá várias cidades do estado, prezando pelo uso regular dos recursos hídricos.

14/03/2024 às 15h50
Por: Redação Portal Verdes Campos Sat Fonte: Secom Piauí
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Secom Piauí
Foto: Reprodução/Secom Piauí

A Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh) deflagrou, nessa quarta-feira (13), a operação “Água Legal”, na região de Picos e Oeiras, fiscalizando o uso irregular dos recursos hídricos, por meio da perfuração de poços sem autorização do órgão ambiental.

Na ocasião, uma empresa foi multada e a máquina de perfuração apreendida. A operação percorrerá várias cidades do estado, prezando pelo bom uso dos recursos hídricos.

A Semarh alerta que não é possível regularizar poços perfurados sem autorização ambiental. Além disso, está proibida a perfuração de poços tubulares e a concessão de outorgas para captação subterrânea de água em área urbana, para uso residencial.

Foto: Reprodução/Secom Piauí
Foto: Reprodução/Secom Piauí

“A fiscalização é essencial para preservação dos corpos hídricos do estado, sendo que poço só pode ser perfurado com autorização prévia do órgão ambiental”, enfatizou o secretário do Meio Ambiente, Daniel Oliveira.

A lei 9.433/97, que trata sobre a Política Nacional de Recursos Hídricos, tipifica essa conduta como infração às normas de utilização de recursos hídricos. Quem descumprir a lei está sujeito a multas que variam de R$ 100 a R$ 50 milhões, de acordo com a gravidade da infração.

Foto: Reprodução/Secom Piauí
Foto: Reprodução/Secom Piauí

A norma prevê, ainda, que edificações urbanas devem obrigatoriamente receber água por uma conexão com redes públicas de abastecimento, e de esgotamento sanitário disponíveis.

Foto: Reprodução/Secom Piauí
Foto: Reprodução/Secom Piauí

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias