Segunda, 22 de Julho de 2024
25°

Parcialmente nublado

Teresina, PI

Geral Maranhão

Resposta rápida da segurança pública: em uma semana, Polícia Civil do Maranhão prende 30 suspeitos de envolvimento com facções

Entre os presos, suspeitos de homicídio, latrocínio e tráfico de drogas. Dois adolescentes também foram apreendidos durante as ações, cujos alvos f...

21/06/2024 às 22h46
Por: Redação Portal Verdes Campos Sat Fonte: Secom Maranhão
Compartilhe:
- Ação da polícia resultou na prisão de suspeitos (Foto: Divulgação)
- Ação da polícia resultou na prisão de suspeitos (Foto: Divulgação)

A Polícia Civil do Maranhão prendeu 30 suspeitos de integrarem facções criminosas atuantes na Grande Ilha e no interior do estado, entre os dias 11 e 18 de junho. Outros dois adolescentes também foram apreendidos durante o período. As ações reforçam o compromisso do Sistema de Segurança Pública de combate à criminalidade.

O secretário da Segurança Pública, Maurício Martins, destacou os resultados enfatizando que a elucidação de crimes e prisões de suspeitos demonstram o compromisso da Polícia Civil e de todo Sistema de Segurança Pública com o combate ao crime. 

"Estamos comprometidos em assegurar que cada investigação de crime seja conduzida com máximo rigor e eficiência, garantindo assim justiça para as vítimas e suas famílias e segurança para toda a população maranhense", enfatizou.

As operações da Polícia Civil que resultaram em 30 prisões nesta semana abrangeram as cidades de São Luís e São José de Ribamar, na região da Grande Ilha, Timon, Brejo, Codó, Tutóia, Bequimão, Guimarães, Bom Jesus das Selvas e Santa Inês. Os detidos são investigados por crimes como homicídio, latrocínio e tráfico de drogas. 

O delegado-geral da Polícia Civil do Maranhão destacou que as prisões são resultado de investigações minuciosas. "As prisões e apreensões de menores evidenciam o nosso compromisso com a segurança e a ordem pública, sobretudo com o combate ao crime organizado em todo o nosso estado. Vamos seguir com o firme trabalho, para mais resultados de combate ao crime em nosso estado", afirmou Jair Paiva. 

Prisões

No dia 11 de junho, em ações distintas, a Polícia Civil prendeu 13 pessoas e apreendeu dois adolescentes investigados por integrarem organizações criminosas que são suspeitos de praticarem homicídios nas cidades de São Luís, Codó, Brejo e Santa Inês.

Entre os indivíduos presos, um jovem de 20 anos, suspeitos de praticar crimes na região que compreende os municípios de Brejo e Anapurus. A prisão dele foi, especificamente, por envolvimento em um homicídio violento, em que a vítima teria sido decapitada e toda a cena registrada em vídeo.

No caso dos dois menores apreendidos, um também figura como suspeito de um homicídio ocorrido no ano anterior. A vítima, Pedro Lucas Campelo Sá da Silva, de 19 anos, foi assassinada em sua residência com três tiros na cidade de Santa Inês.

Entre os dias 12 e 16 de junho, houve novas prisões em flagrante ou mediante mandados, totalizando 13 detenções relacionadas a tráfico de drogas e homicídios, com destaque para um homem de 25 anos preso em Tutóia por envolvimento em, pelo menos, seis homicídios na localidade e em Água Doce do Maranhão.

Ainda entre os 13 detidos no intervalo de cinco dias, quatro foram localizados em São José de Ribamar e presos por envolvimento em um homicídio e tentativa de homicídio na cidade. Além disso, um casal foi detido na Vila Samara/Coqueiro, em São Luís, por tráfico de drogas, associação para o tráfico e posse ilegal de munições.

Entre os dias 17 e 18 de junho, quatro ações da Polícia Civil resultaram na elucidação de crimes ocorridos na capital maranhense, incluindo o caso de um homem de 40 anos preso por envolvimento no sequestro de um empresário ocorrido em 9 de junho, a prisão de dois suspeitos pelo latrocínio de um motorista de aplicativo no Jardim São Cristóvão e de outro homem pelo roubo seguido de morte ocorrido no início do ano, na Cidade Olímpica.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias