Quarta, 24 de Julho de 2024
29°

Tempo limpo

Teresina, PI

Agricultura Piauí

Visita de delegados do G20 gera boas expectativas para feirantes do projeto Quitanda da Agricultura Familiar

A proposta foi mostrar como a iniciativa pode ser aplicada em outras nações do planeta e, assim, reduzir a fome e a pobreza.

25/05/2024 às 20h52
Por: Redação Portal Verdes Campos Sat Fonte: Secom Piauí
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Secom Piauí
Foto: Reprodução/Secom Piauí

O projeto Quitanda da Agricultura Familiar, desenvolvido pelo Governo do Piauí, por meio da Secretaria da Agricultura Familiar (SAF), reúne, quinzenalmente, produtores de áreas de assentamentos de Teresina em feiras itinerantes, nos diferentes bairros da capital. Os agricultores rurais vendem seus produtos, todos orgânicos e naturais, nesses eventos. Nessa sexta-feira (24), o programa foi apresentado a delegados que participaram da 3ª Reunião da Força-Tarefa para construção da Aliança Global contra a Fome e a Pobreza, evento realizado nessa semana, em Teresina.

A proposta foi mostrar às delegações, que representam vários países e organizações internacionais, como o projeto Quitanda da Agricultura Familiar pode ser aplicado em outras nações do planeta e, assim, reduzir a fome e a pobreza.

Foto: Reprodução/Secom Piauí
Foto: Reprodução/Secom Piauí

Os produtores rurais falaram da importância das discussões do G20 sobre a agricultura familiar como base para o combate à fome e à pobreza. Eles acreditam que a internacionalização da Quitada vai levar o debate ao mundo e isso vai incentivar ainda mais ações como essa ou ainda evitar o seu fim.

A agricultora Francilene Pereira, do Assentamento Alegria, na zona rural de Teresina, disse que o projeto proporciona uma renda extra para as famílias do campo e leva alimentos de qualidade para os clientes. Segundo ela, o G20 vai resultar em mais incentivos e políticas públicas para agricultura familiar. "Estamos na expectativa que a nossa realidade seja discutida mais profundamente", ressalta a produtora rural.

Maria Concebida, moradora do Povoado Cacimba Velha, disse que não adianta plantar e não ter para quem vender. "O Projeto Quitanda é muito importante, aqui no Espaço Rosa dos Ventos aparecem muitos compradores de abóbora, quiabo, banana, pimentão e de muitos outros produtos. Ela também pontuou que está torcendo pelos resultados do G20 em Teresina. "As discussões sobre a agricultura familiar vão fortalecer o setor e muitas outras famílias vão ter renda para combater a fome", fala a agricultora.

A produtora rural Raimunda Aquiar, da Serra do Pequena, que produz banana, milho, macaxeira, feijão e batata doce, declarou que a renda de sua família aumenta bastante com a comercialização desses alimentos nas feiras organizadas pelo Projeto Quitanda da Agricultura Familiar. "Aqui a gente tem todo esse apoio do governo. Um lugar agradável e seguro para trabalhar e com muitos clientes", comemora a feirante.

Ao falar do G20, ela destacou que esse evento é inovador. "O tema agricultura familiar vem com muita força, estou confiante que coisas melhores virão para todos nós dessa área. Estou feliz porque o pessoal do G20 também veio conhecer nossa feira", completou a agricultora. 

O diretor de Inovação e Parcerias da SAF e coordenador do Projeto Quitanda, Tiago Patrício, informou que a iniciativa é um coletivo de mercado para atender a agricultura familiar da região da Grande Teresina. "São 42 coletivos que participam aqui com a gente. Hoje nós estamos na Universidade Federal, no Espaço Rosa dos Ventos, que nos atende de 15 em 15 dias, mas também a gente está em vários condomínios na cidade, em empresas, em outras praças", pontua o gestor.

Foto: Reprodução/Secom Piauí
Foto: Reprodução/Secom Piauí

Ele destacou que para as feiras são levados os melhores produtos agroecológicos, produtos frescos da agricultura familiar.

Foto: Reprodução/Secom Piauí
Foto: Reprodução/Secom Piauí

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias