Quarta, 24 de Julho de 2024
32°

Tempo limpo

Teresina, PI

Agricultura Piauí

Em Teresina, delegações do G20 visitarão horta comunitária e Quitanda da Agricultura Familiar nesta sexta (24)

A primeira visita será à horta comunitária do povoado Ave Verde. Em seguida, os participantes irão ao Espaço Rosa dos Ventos, da UFPI.

23/05/2024 às 18h57
Por: Redação Portal Verdes Campos Sat Fonte: Secom Piauí
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Secom Piauí
Foto: Reprodução/Secom Piauí

No último dia de encontros da 3ª Reunião da Força-Tarefa para construção da Aliança Global contra a Fome e a Pobreza, as delegações internacionais irão conhecer, in loco, nesta sexta-feira (24), como os programas de combate à fome funcionam no estado. Os mais de 50 participantes do G20 farão visita de campo à horta comunitária do povoado Ave Verde e à Quitanda da Agricultura Familiar, na Universidade Federal do Piauí (UFPI).

Na horta comunitária do povoado Ave Verde os técnicos terão a oportunidade de ver, na prática, como é incentivada a produção da agricultura familiar no entorno de Teresina. A comunidade da zona rural da capital trabalha com 32 famílias que tiram o sustento do trabalho na horta. Há cinco anos está em transição de horta convencional para orgânica. Ali, atuam, principalmente mulheres, na produção de quiabo, cheiro verde, milho, feijão, alface e abóbora.

Foto: Reprodução/Secom Piauí
Foto: Reprodução/Secom Piauí
Foto: Francisco Leal

Em seguida, os participantes irão à Quitanda da Agricultura Familiar, no Espaço Rosa dos Ventos, da UFPI, onde os produtores podem comercializar alimentos, cultivados localmente, para o consumidor. O projeto, operacionalizado pela Secretaria de Agricultura Familiar (SAF), é uma atividade que apoia grupos de produção familiar da área rural de Teresina e municípios do Território Entre Rios a se conectarem com o mercado consumidor da capital.

Há uma iniciativa, em parceria com o Grupo Vanguarda, que coloca nas gôndolas do Carvalho Super produtos da agricultura familiar e, em outra frente, apoia a realização de feiras em condomínios de Teresina. Já são oito condomínios, além da Praça Wilmary e a Feira Verde da UFPI, totalizando 42 grupos envolvidos.

Foto: Reprodução/Secom Piauí
Foto: Reprodução/Secom Piauí

Além de gerar mais renda para os produtores, a feira também promove a diversidade cultural, a agroecologia e a segurança alimentar. O projeto faz a diferença na renda dos agricultores, que além de vender os produtos, têm a oportunidade de trocar experiências. Em 2023, foram realizadas mais de 110 feiras do projeto Quitanda da Agricultura Familiar, com mais de 30 grupos produtivos de Teresina e região. Cada produtor vende, em média, R$ 600 em cada feira.

O superintendente de Comercialização da Secretaria da Agricultura Familiar (SAF), Evandro Cardoso, pontuou que as discussões do G20 evidenciarão a agricultura familiar como estratégica para o enfrentamento da fome, na medida em que a grande maioria dos alimentos que chegam à mesa dos brasileiros são produzidos pela agricultura familiar. “Poderá resultar na ampliação de políticas estruturantes de fortalecimento da produção familiar, com repercussão direta na elevação da renda, um dos grandes problemas ainda enfrentados no campo”, diz o gestor.

Foto: Reprodução/Secom Piauí
Foto: Reprodução/Secom Piauí

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias