Sábado, 25 de Maio de 2024
27°

Parcialmente nublado

Teresina, PI

Cidades Obras

Ministro Renan Filho anuncia investimentos para obras em rodovias afetadas por chuvas no Maranhão

Renan Filho, visitou o estado e anunciou uma série de medidas emergenciais.

17/04/2024 às 09h17
Por: Carlos Santos Fonte: Agência Gov
Compartilhe:
Ministro Renan Filho anuncia investimentos para obras em rodovias afetadas por chuvas no Maranhão

Em resposta aos sérios danos provocados em rodovias federais pelas fortes chuvas que assolaram o Maranhão nos últimos dias, o ministro dos Transportes, Renan Filho, visitou o estado e anunciou uma série de medidas emergenciais para solucionar os problemas rodoviários nas localidades afetadas. O estado já conta com intervenções do Departamento Nacional de Infraestruturas de Transportes (DNIT), que tem trabalhando para reestabelecer o fluxo normal da malha rodoviária maranhense.

 

“Nossa visita ao Maranhão foi de suma importância para resgatarmos a normalidade à malha rodoviária do estado, que tanto sofreu com as fortes chuvas dos últimos dias”, destacou o ministro Renan Filho. “Inclusive, em áreas onde não houve um deslizamento integral, mas causou algum afundamento, algum dano à rodovia, vamos buscar realizar uma recuperação preventiva, antes que a rodovia ceda. Trata-se de uma atitude nova, bem diferente do que acontecia no passado”, complementou.

 

No total, três trechos sofreram rompimentos: dois na BR-222/MA e um na BR-316/MA. O caso mais grave ocorreu na saída do município de Santa Inês, na altura do Km 363 da BR-222/MA, onde uma ponte com cerca de dez metros caiu devido ao alto volume de águas de um igarapé. O segundo rompimento foi na altura do Km 598 da mesma rodovia, já na cidade de Bom Jesus das Selvas. Já o terceiro caso de deslizamento afetou o trecho do Km 267, da BR-316/MA, próximo a Santa Inês.

 

Emergência

 

A pronta resposta do Ministério dos Transportes, por meio do DNIT, resultou na liberação do trecho da BR-316/MA ainda nesta terça-feira (16) e previsão de liberação do segundo trecho da BR-222/MA, em Bom Jesus das Selvas, até sábado (20). Ambos os trechos funcionarão com desvios e sistema de “Pare e siga”. Além disso, uma ponte móvel do exército vinda do Piauí será instalada no prazo de 15 dias na saída de Santa Inês enquanto o governo federal trabalha numa solução definitiva.

 

Considerada um importante eixo rodoviário de ligação entre o Maranhão e outros estados das regiões Nordeste e Norte, a BR-316/MA receberá investimentos na ordem de R 3 milhões para recuperação do trecho afetado. Outros R 5 milhões serão investidos para reparar o rompimento da BR-222/MA, em Bom Jesus das Selvas, com mais R 7 milhões a serem investidos na reconstrução de uma ponte definitiva que deverá substituir a que caiu no acesso a Santa Inês. “Vamos construir a nova ponte, pré-moldada, ao lado da provisória do exército, que ajudará a normalizar o fluxo da região”, detalhou o ministro. Ao todo, serão R15 milhões investidos.

 

Melhorias para o estado

 

As visitas aos trechos afetados contaram com a participação do ministro do Esporte, André Fufuca; do diretor-geral do DNIT, Fabrício Galvão e do vice-governador do Maranhão, Felipe Camarão. “Muito importante a vinda do ministro Renan Filho ao nosso estado, ficamos muito satisfeitos com sua resolutividade, de prontamente já apontar soluções, em curto e médio prazos. Agradecemos muito a sensibilidade do presidente Lula de determinar que imediatamente as obras para recuperação fossem realizadas para garantir o livre acesso em nossas estradas”, declarou Felipe Camarão, vice-governador do Maranhão.

 

Na ocasião, o ministro Renan Filho manifestou ainda sua vontade de retornar em breve para anunciar novas obras que previnam problemas no estado. “A grande novidade é que do município de Miranda, passando por Santa Inês até a cidade de Santa Luzia. O governo federal vai fazer um projeto de revitalização integral daquela rodovia para tirar o pavimento asfáltico da parte superior da estrada e colocar o pavimento em concreto rígido, uma tecnologia mais capaz de sustentar peso em terreno mole”, anunciou. “Essa obra vai custar R600 milhões. É aproximadamente o que o governo anterior, nos quatro anos de mandato, colocou no estado do Maranhão”, acrescentou.

 

Para 2024, o Ministério dos Transportes prevê um investimento de R 872,1 milhões em rodovias federais e ferrovias maranhenses. Além disso, o Governo Federal tem trabalhado para melhorar a malha rodoviária do estado, cujo Índice de Condição de Manutenção (ICM) passou de 30% de estradas consideradas boas em 2022 para 59% em 2023. A meta atual é que esse percentual suba para 70% até o fim de 2024.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias