Sábado, 25 de Maio de 2024
27°

Parcialmente nublado

Teresina, PI

Política Eleições

Novo presidente do TRE-PI promete fiscalização rígida e melhor atuação contra compra de votos nas eleições municipais no Piauí

O órgão atuará de forma incisiva contra o abuso do poder econômico e a compra de votos neste ano.

15/04/2024 às 17h45 Atualizada em 15/04/2024 às 17h53
Por: Carlos Santos Fonte: Redação Verdes Campos Sat
Compartilhe:
TRE-PI
TRE-PI

O novo presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Piauí, desembargador Sebastião Ribeiro Martins, revelou que o órgão atuará de forma incisiva contra o abuso do poder econômico e a compra de voto nas eleições municipais que ocorrerão nos 224 municípios do Piauí em outubro deste ano.

 

O pleito marcará a primeira eleição da era da inteligência artificial de forma mais atuante no Brasil e será uma das grandes preocupações do órgão.

 

Segundo o novo presidente do TRE, o candidato que utilizar de forma Inadequada as plataformas de Inteligência Generativa (IA) poderá ter a candidatura cassada e, caso vença a disputa eleitoral, poderá até mesmo perder o mandato. Para o desembargador em 2024, as eleições serão bastantes competitivas. “Diferente das eleições gerais em 2018, que eu até tive a oportunidade de presidir na época, agora teremos eleições municipais, que tradicionalmente são eleições mais disputadas, mais acirradas. No Piauí, particularmente, nós temos 224 municípios, o que na realidade, representa 224 eleições diferentes. Essas eleições serão presididas por um juiz eleitoral em cada região. Temos as zonas distribuídas e tudo vai desaguar no TRE. Todos os recursos e reclamações de publicidade desses 224 municípios vão desaguar no TRE. É um desafio muito grande, mas eu tenho a segurança e a convicção de que, historicamente, o estado do Piauí é um estado pacato, tranquilo, nós não temos histórico de violência política, felizmente”, destacou Sebastião Martins.

 

O novo presidente também falou sobre o poder da população exercer a sua cidadania de forma consciente. “Nós devemos ter essa consciência. Como cidadão do Piauí, eu faço um apelo para que cada cidadão vote livre e conscientemente e escolha o melhor candidato. Outro desafio que nós temos é que, a população de Piauí é de aproximadamente 3,2 Milhões de habitantes. Destes, temos 2,6 milhões de eleitores cadastrados. A grande novidade e a notícia boa é que 95% desse eleitorado do Piauí está com biometria. Isso traz mais segurança, mais lisura ao pleito eleitoral, de que aquele eleitor que vai até a cabine não é uma fraude eleitoral, é um eleitor verdadeiro”, informou.

Em relação a compra de votos e ao abuso de poder o gestor prometeu uma fiscalização rígida nas eleições de 2024. “Como presidente do TER, a nossa grande preocupação é que o eleitor tenha consciência, que vote livre e conscientemente. Nós temos notícia do abuso de poder econômico e, mais, abuso do poder político. Isso é crime eleitoral, poderá desequilibrar as eleições, o TER está atento. Como se trata de eleições municipais, qualquer reclamação quanto ao abuso de poder econômico, fake news, deep fake, será processado perante o juiz eleitoral e o TRE-PI vai apreciar. O TSE não vai permitir notícias mentirosas que podem desequilibrar determinados candidatos”, concluiu o presidente.

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias