Segunda, 22 de Abril de 2024
22°

Tempo nublado

Teresina, PI

Agricultura Comunidade Rural

Parceria entre Governo do Estado, Faema e Senar prevê assistência técnica a 10 mil propriedades rurais do Maranhão

Mais de 7.000 propriedades rurais receberão assistência técnica e gerencial.

03/04/2024 às 13h58 Atualizada em 03/04/2024 às 14h44
Por: Amanda Bonfim Fonte: Governo do Estado do Maranhão
Compartilhe:
Foto/Reprodução: Governo do Estado do Maranhão
Foto/Reprodução: Governo do Estado do Maranhão

A agricultura maranhense ganhou mais um incentivo para ampliar sua produção. O Governo do Maranhão, a Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Maranhão (Faema) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) firmaram parceria para atender gratuitamente 10 mil propriedades de micro e pequenos produtores rurais no Estado ao longo de dois anos, mediante investimentos de R$ 94 milhões. O anúncio foi feito pelo governador Carlos Brandão durante solenidade nesta terça-feira (2).

O Programa de Assistência Técnica e Gerencial será executado por meio de assinatura de um protocolo de intenções entre a Secretaria de Estado da Casa Civil, o Senar e a Faema. Para o desenvolvimento do programa, foram contratados 120 técnicos de Ciências Agrárias. 

Inicialmente, 7.500 propriedades rurais receberão assistência técnica e gerencial. Atualmente, o programa está presente em 182 municípios maranhenses, e a meta para os próximos dois anos é expandir o atendimento para 217 municípios, cobrindo 100% do estado.

“Por meio dessa parceria com a Faema e o Senar a gente vai melhorar a produção, capacitando os produtores rurais, que precisam desse apoio na assistência técnica. Assim, ele vai ganhar mais dinheiro, podendo investir mais no seu empreendimento, gerando essa cadeia de geração de emprego e renda no campo, que é o objetivo principal do nosso governo. Então, hoje é um marco muito importante para o desenvolvimento da agricultura familiar no Maranhão”, assinalou o governador Carlos Brandão.

O secretário de Estado de Agricultura e Pecuária, Flávio Viana, informou que esta é a primeira etapa do programa e que um novo protocolo de intenções vai renovar a parceria para que sejam feitas mais 180 contratações para o segundo semestre de 2024. “Sem dúvidas isso é um diferencial para o nosso estado e certamente será um divisor de águas no desenvolvimento, assessoria técnica, aumento e profissionalização da produção da nossa agricultura e pecuária”, disse.

O presidente da Faema, Raimundo Coelho, ressaltou que a parceria firmada hoje amplia o trabalho que já é realizado para atender ao micro e grande produtor. “Esta medida mostra que o Governo do Maranhão tem como sua prioridade a defesa do campo, que se importa com a produção de alimento e que entende que é preciso apoiar e capacitar os micro e pequenos negócios rurais. Já temos feito capacitações, garantido assistência técnica e gerencial para os produtores do nosso estado. Agora vamos ampliar esse trabalho”, afirmou.

Luís Antônio Figueiredo, superintendente do Senar no Maranhão, disse que todas as ações que o Governo do Maranhão vem desenvolvendo voltadas para os micro e pequenos produtores rurais incentivam e fortalecem o trabalho no campo. “A consequência desse trabalho é o crescimento da economia do Estado, que ainda tem uma grande vocação rural. Então, ter um governo que defende políticas para o homem do campo é fundamental e o Maranhão tem esse governo”, analisou.

Programa de Assistência Técnica e Gerencial

O Programa de Assistência Técnica e Gerencial (ATeG), do Senar, é um serviço gratuito oferecido ao produtor rural com foco na geração de renda, melhoria da produção e na gestão rural de forma educativa. Os produtores são acompanhados periodicamente por um técnico de campo durante 24 meses, tempo mínimo necessário para avaliar os resultados da aplicação da metodologia.

O ATeG contribui para a evolução socioeconômica dos produtores, das famílias e da comunidade rural, além de promover a disseminação de tecnologias e práticas gerenciais para a produção de alimentos com respeito ao meio ambiente.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias