Segunda, 22 de Abril de 2024
22°

Tempo nublado

Teresina, PI

Cidades Piracema

Termina período da piracema em rios e lagos no Maranhão

Com isso, a pesca comercial foi liberada em rios e lagos no Maranhão.

01/04/2024 às 15h50
Por: Portal Verdes Campos Sat Fonte: G1 Maranhão
Compartilhe:
Termina período da piracema em rios e lagos no Maranhão

Acabou no domingo (31), o período da piracema no Maranhão, conhecida por ser a época de reprodução dos peixes em rios e lagos. Com isso, a pesca comercial foi liberada em todo o estado.

O período do defeso é de quatro meses, mas a de início e término da piracema pode variar para cada rio. Veja, abaixo, como a piracema nos rios do Maranhão:

Rio Parnaíba: 15 de novembro a 16 de março;
Rios Gurupi e Tocantins: 1º de novembro a 28 de fevereiro;
Rio Pindaré, Balsas, Itapecuru e demais rios do Maranhão: 1º de dezembro a 31 de março.

Conhecido como período de defeso, a piracema é o período de reprodução dos peixes e durante a época, fica proibida a pesca dos animais por quatro meses, geralmente entre os dias 1º de dezembro a 31 de março.

A piracema coincide com o período das chuvas no Maranhão. Com a proibição, cada pescador tem direito a pegar até 5 kg de peixe, mas apenas usando vara e anzol, molinete ou linha de mão.

Pesca comercial é liberada em rios no Maranhão

Apesar do fim da piracema, alguns tipos de pesca são consideradas predadórias em qualquer época do ano e, estão proibidas em qualquer época do ano.

Alguns dos exemplos são as pescas que usam tapagens, cercas e currais, armadilhas que são montadas na correnteza dos igarapés e córregos e impedem a circulação dos peixes. Também não é permitido o uso de redes com malha muito fina, capaz de capturar peixes pequenos, a malha permitida deve ter 7 cm.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias