Segunda, 22 de Abril de 2024
23°

Parcialmente nublado

Teresina, PI

Concursos Polícia Penal

Governo do Piauí lança concurso com 200 vagas para policial penal

Certame terá mais 200 vagas para cadastro de reserva e as inscrições vão até o dia 27 de março.

01/03/2024 às 14h36
Por: Amanda Bonfim Fonte: Governo do Estado do Piauí
Compartilhe:
Governo do Piauí lança concurso com 200 vagas para policial penal

O governador Rafael Fonteles autorizou, nesta sexta-feira (1º), junto com o secretário de Justiça, Carlos Augusto, a publicação do edital do concurso público para o preenchimento de 200 vagas para Polícia Penal do Piauí, além de 200 para cadastro de reserva. O edital foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) e no site do Núcleo de Concursos e Promoção de Eventos da Uespi (Nucepe).

Rafael destacou que esse é o maior concurso da história da polícia penal e que os aprovados serão logo nomeados. “Logo após o curso de formação, que deve começar no final do ano e terminar no início de 2025, vamos nomear todos os 200 aprovados”, afirmou o governador.

O chefe do Executivo disse que há necessidade de servidores públicos para ajudar na ressocialização dos internos do sistema penitenciário do Piauí. “A gente quer aumentar a quantidade de policiais penais para prestar um grande serviço de ressocialização junto aos internos do sistema penitenciário, de forma que eles sejam reintegrados à sociedade e não voltem mais a praticar delitos”, destacou. 

As inscrições estão abertas e podem ser feitas até o dia 27 de março no site do Nucepe. Serão cinco etapas, com a prova objetiva marcada para o dia 28 de abril. Depois, seguem as outras fases: exame psicológico, de saúde, culminando, no final do ano, com a lista de aprovados, e logo na sequência o curso de formação.

Das 200 vagas de preenchimento imediato, após a realização do curso de formação, 150 são para ampla concorrência e 50 para negros ou pardos, mesma proporção para os 200 classificados no cadastro de reserva. Será exigida a formação de curso superior completo em qualquer área. 

A jornada de trabalho é integral, com 44 horas semanais. A remuneração do cargo é de R$ 6.496,73, além de vantagens devidas pelo efetivo desempenho do cargo.

Segundo o secretário de Justiça, coronel Carlos Augusto, o concurso atende a uma determinação do governador Rafael Fonteles para melhorar o sistema penitenciário do Piauí. “Além de repor o nosso quadro de pessoal, vamos precisar de profissionais para ampliação e construção de novas unidades penais”, disse o secretário.

Até dezembro de 2025, a Secretaria de Justiça vai inaugurar mais três novas unidades penais. Em agosto deste ano, será entregue uma penitenciária de segurança máxima em Buriti dos Lopes, no norte do Piauí. A unidade penal terá 360 vagas para detentos. “Para você ter uma ideia, somente lá vamos precisar de 60 profissionais”, afirmou Carlos Augusto. 

Ao todo, o Piauí tem 17 estabelecimentos penais com mais de 800 policiais.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias