Quarta, 24 de Julho de 2024
29°

Tempo limpo

Teresina, PI

Cidades Justiça

Mulher será julgada por matar marido ao empurrá-lo de ponte em Campo Maior

A queda resultou em trauma cranioencefálico da vítima.

24/04/2024 às 14h52
Por: Fabio Brito Fonte: Portal de Campo Maior
Compartilhe:
 Mulher será julgada por matar marido ao empurrá-lo de ponte em Campo Maior

O Tribunal do Júri de Campo Maior julga nessa quarta-feira, dia 24.04, a doméstica Alda Caetano Sousa Silva, acusada de matar o próprio marido, Joaquim Belizário da Cunha Filho, empurrando de uma ponte, após crise de ciúmes. O crime aconteceu no dia 04 de agosto de 2011.

A sessão do Júri está prevista para começar às 9 horas e 30 minutos, no auditório do Fórum da Justiça de Campo Maior e será presidida pelo juiz Mucio Meira, que está atualmente respondendo pela 1ª Vara.

O CRIME

Alda matou o marido por volta das 19 horas, em Campo Maior. O crime aconteceu quando o casal passava pela ponte sobre o Rio Surubim, no Bairro Flores.

A doméstica Alda Caetano e o marido Joaquim Belizário voltavam de uma farra e, após inicia uma discussão, a mulher pegou o marido pelo braço e o empurrou de cima da ponte de Flores. A queda resultou em traumatismo cranioencefálico da vítima.

Após passar 13 dias internado na UTI em Teresina, Joaquim Belizário teve a morte confirmada pelos médicos. Para a polícia e o Ministério Público, o crime foi praticado por motivo fútil, porque mesmo a vítima mantendo relacionamento amoroso com a acusada, ela o matou tomada por ciúmes.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias