Sábado, 25 de Maio de 2024
27°

Parcialmente nublado

Teresina, PI

Meio Ambiente Desmatamento

Semarh deflagra 9ª Operação Cerrado Vivo contra o desmatamento ilegal no Sul do Piauí

Este ano serão realizadas 19 operações no norte, sul e extremo sul do Estado, o dobro de operações realizadas em 2023.

10/05/2024 às 10h15 Atualizada em 10/05/2024 às 10h21
Por: Amanda Bonfim Fonte: Governo do Estado do Piauí
Compartilhe:
Foto/Reprodução: Semarh
Foto/Reprodução: Semarh

Este ano serão realizadas 19 operações no norte, sul e extremo sul do Estado, o dobro de operações realizadas em 2023.

A Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh) iniciou, nesta semana, a Operação Cerrado Vivo, que visa coibir o desmatamento ilegal na região Sul do Piauí. A equipe é composta por quatro auditores da Semarh, quatro policiais civis e conta ainda com o apoio da Polícia Militar.

No primeiro dia de operação, foi autuada uma fazenda em Bom Jesus, cuja área desmatada totaliza 1.500 hectares, através de alerta emitido pelo MAPBiomas, monitorado pela Coordenação de Geomática, Informações Ambientais e Inovação Tecnológica (CGEO).

De acordo com o auditor da Semarh, Renato Nogueira, o saldo da operação está sendo positivo no sentido de coibir ações que infringem o desmatamento ilegal. “No primeiro dia de operação, a equipe de fiscalização encontrou duas áreas desmatadas. Parte de uma delas encontra-se dentro do mapa de aplicação da Mata Atlântica. A soma das duas áreas dá em torno de 1.500 hectares. Também foram apreendidos dois tratores de esteira e correntão. Os trabalhadores foram levados para prestar depoimento na delegacia regional de Bom Jesus”, destacou.

Em 2023, foram realizadas oito operações Cerrado Vivo, para o ano de 2024 estão previstas 19 operações. O número representa o dobro das operações realizadas no ano passado.

A meta é que o estado alcance desmatamento ilegal zero até 2030. O plano está sendo construído de acordo com a lei n° 8.094, de 12 de julho de 2023, que institui a Política Estadual de Prevenção e Combate ao Desmatamento Ilegal.

“Estamos dando o máximo de transparência e celeridade nos processos ambientais, em respeito a maioria dos produtores que trabalham na legalidade. Aqueles que escolhem o caminho da ilegalidade, o Estado, através da Semarh e da Polícia Civil, irão agir de forma firme para coibir e chegarmos ao desmatamento ilegal zero no Piauí”, finalizou o secretário da Semarh, Daniel Oliveira. .

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias