Sábado, 22 de Junho de 2024
31°

Tempo nublado

Teresina, PI

Saúde Saúde

Saúde do Ceará lança cartilha com orientações sobre luto em evento de 19 anos do Serviço de Verificação de Óbito

A Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), por meio do Serviço de Verificação de Óbito Dr. Rocha Furtado (SVO), promove, na próxima quarta-feira (29), ...

24/05/2024 às 10h05
Por: Redação Portal Verdes Campos Sat Fonte: Secom Ceará
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Secom Ceará
Foto: Reprodução/Secom Ceará

A Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), por meio do Serviço de Verificação de Óbito Dr. Rocha Furtado (SVO), promove, na próxima quarta-feira (29), uma mesa de diálogos sobre o amor, luto e comunicação assertiva e o lançamento da cartilha de orientação e informações às famílias em luto. As ações acontecerão em alusão aos 19 anos de atuação do Serviço.

O evento está programado para iniciar às 13h30, no auditório A do Hospital de Messejana Dr. Carlos Alberto Studart Gomes, e tem como público-alvo os profissionais e estudantes da área da saúde.

A diretora do SVO, Anacélia Matos, explica que o momento tem o objetivo de comunicar o papel da unidade e propor um espaço de debate sobre o luto. “O atendimento do equipamento acontece em momentos sensíveis para as famílias, durante a perda de seu ente querido, por isso é nossa responsabilidade gerenciar com qualidade um serviço que precisa prestar um atendimento humanizado e empático”, conta. A cartilha de orientação e informações às famílias em luto, que será lançada na ocasião e disponibilizada on-line, foi elaborada pela equipe do Serviço Social do SVO sob a supervisão das assistentes sociais Márcia Andrade e Vilma Capibaribe e coordenação de Anacélia Matos.

Participarão do encontro, o secretário executivo de Vigilância em Saúde, Antonio Lima Neto (Tanta); o superintendente da Escola de Saúde Pública do Ceará (ESP/CE), Luciano Pamplona; a coordenadora do Centro de Estudos do SVO, Márcia Andrade dos Santos, entre outros.

Sobre o SVO

O equipamento é referência estadual na realização gratuita de necropsias para o esclarecimento de mortes naturais não definidas. Instalado em Fortaleza e inaugurado em 2005, o Serviço funciona de domingo a domingo, 24 horas por dia, investigando óbitos súbitos sem indícios de violência, falecimentos domiciliares sem assistência médica, além de mortes registradas em pronto atendimento ou em via pública sem razões determinadas.

O equipamento atua diretamente em três campos da saúde pública: vigilância de óbitos, acadêmico e social. Na vigilância de óbitos, o SVO mapeia informações dos principais agravos causadores de óbitos que acometem a população cearense.

“O levantamento realizado pelo Serviço é utilizado pela Secretaria na elaboração de políticas públicas com ações efetivas voltadas para a promoção da saúde e prevenção de doenças, como meningites, arboviroses, covid-19, tuberculose e outras”, detalha a diretora do SVO.

No campo acadêmico, o SVO promove oportunidades de estágios e recebe, em média, cem estudantes de Instituições de Ensino Superior (IES) por mês para visitas técnicas.

Na esfera social, o equipamento realiza um acolhimento humanizado para famílias enlutadas. “Os assistentes sociais elaboram o perfil socioeconômico de cada família atendida, trabalham para solicitar o auxílio-funeral para famílias em situação de vulnerabilidade social, orientam também sobre direitos previdenciários, pensões, direitos trabalhistas, entre outras”, conclui Anacélia Matos.

Leia também: SVO Ceará é referência por experiências exitosas; direção de instituição do RN buscou intercâmbio, em visita nesta quinta (26)

Foto: Reprodução/Secom Ceará
Foto: Reprodução/Secom Ceará

Serviço:

Mesa de diálogos e lançamento de cartilha com orientações sobre luto
Data: 29 de maio (quarta-feira)
Horário: 13h30 às 16h30
Local: Auditório A do Hospital de Messejana – HM (Av. Frei Cirilo, 3480, Cajazeiras – Fortaleza – CE)
Público-alvo: profissionais e estudantes da área da saúde

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias