Redes de hospedagem relatam prejuízos com o adiamento do concurso da PM

Em uma delas, mais de 500 Check-in foram cancelados
3 de Dezembro de 2021 às 08:17 - Atualizada em 11h17

Foto: Reprodução / Internet Redes de hospedagem relatam prejuízos com o adiamento do concurso da PM
Redes de hospedagem relatam prejuízos com o adiamento do concurso da PM

A prova do concurso para soldado da Polícia Militar do Piauí, que seria realizada próximo domingo (05), foi adiada na última quinta-feira (02) pelo Governo do Estado. Por meio de nota, o Núcleo de Concursos e Promoção de Eventos (Nucepe), da Universidade Estadual do Piauí, informou que o a grande quantidade de inscritos poderia colocar em risco a saúde dos candidatos. Ainda não há data para uma nova aplicação.

Um dos setores que se sentiram prejudicados com o adiamento do concurso, foi o hoteleiro que fala de prejuízos. Shirley marques, gerente de hotelaria, relata que o local onde trabalha já haviam reservas feitas. “Nós tínhamos 380 Check-in conformados, 218 pré-reservas nas nossas redes de hotéis. Visto isso, temos um prejuízo irreparável, custo com o pessoal que nos procuram e é lamentável.”, conta a gerente.

Além do setor de hospedagem, donos de ônibus, que alugam os veículos para os candidatos se deslocarem de outros estados para realizarem a prova no Piauí, também reclamam do cancelamento. Bartolomeu Cruz, agente de viagens, diz que seis veículos estavam alugadas e considera desrespeito adiar a prova do concurso alguns dias antes. “são prejuízos financeiros, emocionais e psicológicos de milhares de pessoas que estão envolvidas nesse processo, entre candidatos, empresas de ônibus, agentes de excursões e rede hoteleira de Teresina. É um prejuízo absurdo, são milhares de pessoas que deixam de se deslocar, centena de ônibus que deixarão de viajar, hotéis que pedem suas reservas pra essa data, resumindo, é uma grande falta de respeito com o cidadão”, opina Bartolomeu.

Foto: Bartolomeu CruzDonos de ônibus, que alugam os veículos, também reclamam do cancelamento
Donos de ônibus, que alugam os veículos, também reclamam do cancelamento

A prova do concurso de Formação de Soldados da Polícia Militar do Estado do Piauí, estava marcada para acontecer no próximo domingo (05). Segundo nota do NUCEPE, “uma nova data será divulgada pelos órgãos competentes e publicada no site do Núcleo de Concursos e Promoção de Eventos – NUCEPE”, informa a nota.

Leia a nota na íntegra

“Em razão do significativo aumento do número de inscritos para o concurso público da Polícia Militar do Piauí para o cargo de Soldado PMPI, inclusive com a prorrogação do período de inscrições entre 06 a 25 de outubro deste ano; a obrigatoriedade de cumprir os protocolos sanitários a fim de garantir a segurança à saúde de todos no certame diante do contexto da pandemia do Coronavírus (COVID-19), ainda mais neste momento que uma nova variante é confirmada no Brasil e, como consequência, a emergência de uma reorganização da quantidade de inscritos em cada sala onde terá aplicação de provas no sentido de manter o distanciamento exigido nos protocolos sanitários do Estado e o aumento da quantidade de Centros de Aplicação de Provas para atender a demanda, tudo isso foi levado em consideração para informar a todos, em especial, aos inscritos que a Prova Escrita Objetiva para o cargo de Soldado PMPI, marcada para o dia 05 de dezembro (domingo), foi suspensa.

Posteriormente, uma nova data será divulgada pelos órgãos competentes e publicizada no site do Núcleo de Concursos e Promoção de Eventos – NUCEPE, responsável pela execução do Cronograma de Execução do Concurso Público para o Curso de Formação de Soldados da Polícia Militar do Estado do Piauí.”

Deixe seu comentário