Espaço Jurídico

Advogado Marcus Vinícius Furtado Coelho projeta missão e desafios da advocacia e dos novos presidentes de OAB


Após participar de solenidade no Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI), que concedeu o Colar do Mérito do Judiciário ao promotor de Justiça de Justiça do Estado do Maranhão, Sérgio Henrique Furtado Coelho, seu irmão, o membro vitalícia da OAB, advogado Marcus Vinícius Furtado Coelho concedeu entrevista ao blog 'Espaço Jurídico'.

Na entrevista, o ex-presidente da OAB nacional disse que os advogados brasileiros, de forma democrática, elegeram seus representantes para o próximo triênio. Ele destaca que são valorosos advogados e advogadas que vão dedicar seus tempo e disposição para bem representar os interesses da advocacia e da cidadania do Brasil.

Foto: Daniel SilvaMomento de alegria para a família
Momento de alegria para a família

"O OAB tem missão dupla, que é cuidar dos interesses da classe, como o cumprimento das prerrogativas, o livre exercício da profissão, e por outro lado, defender a sociedade, o estado democrático de direito,a democracia, os valores humanos, de forma que estes novos dirigentes estarão imbuídos desta tarefa", evidenciou o advogado.

PROPÓSITO NOBRE
Segundo Marcus Vinícius,  todos que participam das eleições da OAB estão com um nobre propósito que é bem representar a entidade. "Assim, parabenizo os eleitos e também os não eleitos, pois colocaram seus nomes em prol da advocacia".

Foto: Daniel SilvaFamiliares presentes à solenidade
Familiares presentes à solenidade

O advogado comentou ainda que é dessa disposição que vem a grandeza da OAB, pois é formada com a participação voluntária dos advogados.

"Neste contexto é importante destacar que nenhum dirigente da OAB recebe qualquer valor remuneratório, é um trabalho voluntário, de doação. A retribuição é o sentimento de dever cumprido, o reconhecimento da classe por um bom trabalho realizado e o reconhecimento da sociedade na representação dos seus interesses bem defendidos pela entidade. Portanto, quero desejar a todos os colegas um bom trabalho", frisou Marcus Vinícius.

ADVOCACIA E O NOVO NORMAL
Como desafio para os novos dirigentes dos Conselhos Seccionais, o advogado citou o acompanhamento de perto por parte das OAB's do trabalho dos advogados neste momento de retomada das atividades presenciais.

Foto: Daniel SilvaCarinho e afeto entre os familiares
Carinho e afeto entre os familiares

"A advocacia precisa ser acompanhada neste novo momento. Precisamos nos adaptar aos mecanismos virtuais e é fundamental que estes novos dirigentes reforcem que a advocacia é essencial para a distribuição da justiça. Os advogados devem ter acessos aos magistrados para que possam defender o interesse de seus clientes. O advogado deve ser respeitado, mas precisa se adequar a esta nova realidade virtual que vivenciamos e que foi acelerada por conta, inclusive, da pandemia. Já do ponto de vista da sociedade brasileira, precisamos de uma advocacia defendendo o estado democrático de direito, os poderes constituídos, o respeito às leis, aos contratos, à segurança jurídica e à democracia brasileira. Fora da democracia, não há salvação. Já se disse que a democracia é o pior regime, exceto todos os outros, no sentido de que a democracia tem falhas, mas ela reúne o regime possível para a convivência passível da sociedade e este também é o trabalho da OAB, a defesa do estado democrático de direito", ponderou o ex-presidente da OAB nacional.

Foto: ASCOM TJ-PIOutorga do Colar do Mérito do Judiciário
Outorga do Colar do Mérito do Judiciário
Foto: Daniel SilvaHomenageado também muito feliz
Homenageado também muito feliz
Foto: Daniel SilvaGratidão também entre a família
Gratidão também entre a família

Deixe seu comentário